Bolo de laranja, Gengibre e Coco [de liquidificador]

26 de janeiro de 2017 0 comentarios





Um bolo de laranja a meio da semana para responder a uma ideia fixa que me acompanhou o dia inteiro. Era definitivamente um bolo de laranja de aroma intenso que me apetecia, nestas alturas não há muito a fazer, as chamadas lutas inglórias...
À boleia deste bolo, veio para a mesa um chá que gosto bastante, rooibos. Para quem nunca ouviu falar, tem um sabor suave e adocicado, com propriedades e benefícios muito interessantes para a saúde, a sua infusão tem um tom avermelhado.
Peguei numa receita antiga e juntei-lhe um pouco de gengibre com uns farrapos de coco. Mas o que torna este simples bolo especial é precisamente usarmos a laranja inteira, é a casca dos citrinos que traz a intensidade do sabor e não o sumo como alguns pensam, sendo que a utilização da casca promove também um toque de humidade e textura às massas dos bolos. Ah... experimentem com limão é igualmente delicioso!😉



Bolo de laranja, Gengibre e Coco [de Liquidificador]


Ingredientes:

4 ovos
1 laranja inteira com casca (sem topos e grainhas)
180 g de açúcar amarelo
250 g de farinha de trigo com fermento
1 colher de chá de fermento para bolos
1/2 colher de café de gengibre em pó (usei Margão)
50 g de coco ralado 
margarina para untar a forma q.b.
açúcar amarelo para polvilhar a forma depois de untada

Método:

|Todos os ingredientes devem estar à temperatura ambiente|
Ligue o forno nos  190 ºC.

Lave e limpe a laranja. Corte os topos, corte-a em 4 e retire as grainhas. Deite para um liquidficador (ou copo da Bimby), triture, junte os ovos e bata.
Misture dentro de uma taça a farinha peneirada com o fermento, o açúcar, o gengibre e o coco . Verta aos poucos esta mistura de ingredientes ao preparado do liquidificador (ovos + laranja), com este ligado numa velocidade média. Deixe bater por 2 minutos.
Entretanto unte uma forma de chaminé com margarina e polvilhe com um pouco de açúcar. Verta para lá a massa e leve ao forno já pré-aquecido. Cerca de 30 minutos foram suficientes no meu forno, Convém fazer o teste do palito na parte final da cozedura, para evitar que fique demasiado seco ou ainda cru. 
Desenforme assim que retirar do forno, deixe arrefecer por completo antes de fatiar.
Simples, não acham? 






partilhar esta receita

0 comentários

Obrigada por deixar comentário.