quinta-feira, 23 de abril de 2015

Medalhões de Pescada do Cabo com Legumes e Batatinhas no Forno







Outra vez peixe dizem vocês! Vá não torçam o nariz... este peixinho não traz peles nem espinhas e apesar de ter sido cozinhado no forno ficou suculento, uma delicia garanto-vos. No dia seguinte ainda serviu de almoço para um e foi de novo elogiado.
Os legumes a utilizar podem ser outros, os da vossa preferência . O importante é que os contemplem nas refeições, estamos sempre a tempo de modificar e melhorar alguns hábitos alimentares, a nossa saúde agradece.
A sugestão de hoje é muito prática, ideal para o nosso dia-a-dia (sempre) tão apressado.



Medalhões de Pescada do Cabo com Legumes e Batatinhas no Forno


Ingredientes:

800 g de Medalhões de Pescada do Cabo Pescanova
1 kg de batatinhas novas para assar
3 alhos-franceses cortados em rodelas finas
sumo de 1 limão
2 cenouras raladas
azeite q.b.
flor de sal q.b.
alho em pó Margão
pimenta moída na altura q.b. (usei moinho de pimentas Margão)
1 colher de chá de Segredos do Mundo India Margão
azeitonas


Segredos do Mundo da India Margão
Condimento que mistura grãos de coentros, curcuma, cominhos , gengibre, grão de mostarda, cebola e alho desidratados, açafrão, noz moscada, pimentas, piripiri, cravinho. É óptimo para cozinhar carnes brancas, peixes e legumes.



Produto Pescanova utilizado nesta receita






Os Medalhões de Pescada do Cabo, não têm água de vidragem e vêm embalados individualmente a vácuo, para conservar todo o sabor e propriedades nutritivas. Seleccionados a partir dos melhores filetes de pescada, não têm pele nem espinhas e são ultracongelados pelo sistema de congelação IQF, (Individually Quick Frozen).
Agora também os pode cozinhar ao vapor dentro das próprias bolsas individuais, veja aqui.



Método:

Deixe descongelar os medalhões de pescada. Tempere com flor de sal, alho em pó, pimenta e sumo de limão.
Prepare os alhos-franceses e as cenouras. Coloque-os dentro de uma frigideira com um fio de azeite. Tempere com flor de sal e o condimento Segredos da India Margão, envolva , deixe fazer um ligeiro refogado. Desligue o lume e reserve.

Lave as batatinhas com pele. Leve-as ao lume num tacho com água e sal, deixe que cozinhem cerca de 10 minutos. Escorra e reserve.

Prepare uma assadeira, unte o fundo com um pouco de azeite, disponha os medalhões de pescada e em volta destes as batatinhas pré-cozinhadas. Polvilhe-as com alho em pó. Finalize com um fio de azeite por cima do peixe e das batatas.
Leve ao forno pré-aquecido nos 190º C cerca de 30 minutos, a meio do tempo vire o peixe e as batatas para que fiquem com um dourado uniforme.

Retire do forno e sirva com os legumes reservados. Decore com azeitonas.






terça-feira, 21 de abril de 2015

Bolo de Aniversário [Amêndoa, Chocolate Branco e Mirtilos]


 
 
 
 
Um bolo para celebrar a vida. Partilho convosco o bolo deste aniversário.
Numa versão simples, coberto por uma fina camada de chocolate branco e decorado com mirtilos.  Gosto de utilizar esta combinação, os frutos silvestres com o seu ligeiro toque ácido contrastam e equilibram o doce vindo do chocolate. Delicioso e elogiado!...
 


Bolo de Aniversário  [Amêndoa, Chocolate Branco e Mirtilos] 

  

Ingredientes:
 
para a massa do bolo

200 g de farinha de trigo
100 g de farinha de amêndoa
1 colher de chá de fermento Royal
150 g de margarina (usei Vaqueiro sabor a manteiga)
180 g de açúcar em pó
5 ovos grandes
 
para o recheio :
compota de mirtilos q.b.
 
Cobertura:
 
2 colheres de sobremesa de Vaqueiro sabor a manteiga
2 colheres de sobremesa de leite
100 g de mirtilos (+/-)
Lápis Pasteleiro Branco Vahiné
 
 
Método:

 
Bata muito bem a margarina com o açúcar, adicione os ovos um a um continuando sempre a bater. Junte as farinhas peneiradas com o fermento, bata até que fique bem incorporado na massa.

Pré-aqueça o forno nos 190ºC. Unte uma forma redonda (usei com 24 com) com margarina e polvilhe de farinha. Verta para lá a massa e leve ao forno cerca de 40 minutos ou até verificar que está cozida.
Retire do forno, desenforme e deixe arrefecer na totalidade.

Corte o bolo na longitudinal para aplicar a compota de mirtilos. Case as duas metades do bolo.

Prepare a cobertura - Derreta em banho-maria o chocolate branco (deve estar partido em pedaços pequenos) com a margarina e o leite. Mexa muito bem até obter uma mistura lisa.
Aplique de imediato sobre a superfície e laterais do bolo. Decore com mirtilos. Se gostar finalize  com o lápis pasteleiro vahiné

 

    
 
 
 

terça-feira, 14 de abril de 2015

Pão de Espelta e Centeio [amassado à mão]







O regresso de um pãozinho aqui pelo blog. A ideia era variar um pouco as farinhas que utilizo e também amassa-lo à mão, de vez em quando sabe bem.
Nota alta para o sabor deste pão, garanto-vos. A espelta dá-lhe um protagonismo exemplar, além de ficar nutricionalmente muito rico.



Pão de Espelta e Centeio


Ingredientes:

350g de farinha de espelta
150g de farinha de centeio
1 carteira (11g) de fermento seco biológico (usei Fermipan)
300 ml de leite amornado
2 colheres de sopa de azeite suave ou óleo de girassol
1 colher de sopa de mel
1 colher de chá de sal fino
sementes de sésamo dourado q.b. (usei Margão)
1 gema de ovo batida


 



Método:

Coloque dentro de um recipiente todos os ingredientes secos, misture-os bem. Faça uma cova ao centro.

Amorne o leite com o mel e o azeite. Verta a mistura liquida aos poucos sobre as farinhas sem parar de mexer, até verificar que a massa começa a soltar-se das paredes do recipiente e obter uma consistência moldável e elástica. Se necessário adicionar mais um pouco de farinha ou água.

Polvilhe uma bancada de trabalho com farinha e amasse cerca de 8 a 10 minutos. Faça uma bola , polvilhe com farinha, tape com pelicula aderente ou um pano. Deixe levedar em local abrigado até que aumente de volume (45 minutos a 1 hora costumam ser suficientes).

Prepare um tabuleiro de ir ao forno forrando-o com uma folha de papel vegetal. Coloque a massa. Com o auxilio de uma faca bem afiada faça uns cortes à superfície da massa. Pincele com ovo batido e decore com sementes de sésamo dourado.

Leve a levedar de novo dentro do forno pré-aquecido nos 50ºC e desligado. cerca de 20 minutos. Ao fim deste tempo ligue o forno e coloque a temperatura de 190ºC.
No meu forno leva aproximadamente 25 a 30 minutos em função ventilada. Depende dos fornos.

Depois de cozido deixe arrefecer em cima de uma grelha. Deve fatia-lo apenas depois de totalmente arrefecido para não destruir o miolo.

Notas: Poderão amassar na máquina de fazer pão ou na Bimby, dei folga às máquinas, pus literalmente as mãos na massa. Porque há dias assim.




 
 
 
 

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Brownies com Caramelo Crocante






Porque há dias em que o chocolate é o rei da festa...

A receita veio da cozinha da Joana, tem sempre uns bolinhos que são verdadeiras inspirações, vão até lá e vejam do que falo.
Relativamente à receita original partilhada pela Joana, fiz apenas pequenas alterações às quantidades de alguns ingredientes, precisava de encher um tabuleiro maior. Os gulosos de serviço aprovaram e repetiram. Já não sobra migalha...

Quem tem uma Joaninha tem tudo! Um beijinho para ti.



Brownies com Caramelo Crocante


Ingredientes 

Massa:

1 chocolate de culinária Pantagruel (200g)
100 g de margarina ( usei Vaqueiro Sabor a Manteiga)
3 colheres  de sobremesa de Cacau magro em pó Pantagruel
150 g de açúcar amarelo
4 ovos
180g de farinha
1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Cobertura:

100 g de chocolate culinária Pantagruel
1 colher de sobremesa de cacau em pó magro Pantagruel
50 ml de natas
50 g de queijo-creme

Caramelo:

1 chávena de chá de açúcar amarelo
                           +
50 g de chocolate culinária Pantagruel








Método:

 Derreta em banho-maria o chocolate com a margarina e o cacau. Reserve.

 Bata os ovos com o açúcar até obter uma mistura volumosa.

 Junte a mistura do chocolate e continue a bater.

 Adicione a farinha peneirada com o bicarbonato de sódio.

Unte uma forma rectângular (a que usei mede 32x32cm) com margarina e verta para lá a massa.
Leve ao forno pré-aquecido nos 180º C cerca de 25 minutos, dependendo dos fornos.

Prepare a cobertura, misture todos os ingredientes desta para dentro de um tacho e leve a lume brando mexendo até que o chocolate derreta e tudo se ligue. Aplique na superfície do bolo.

Prepare o caramelo, leve o açúcar ao lume até formar caramelo. Verta para cima de uma folha de papel vegetal bem espalhado para que fique fino. Assim que arrefeça parta grosseiramente com uma faca ou com um martelo de cozinha.
Em banho-maria derreta os 50 g do chocolate da cobertura. Aplique alternado com os pedacinhos de caramelo por toda a superfície do bolo. Sirva cortado em quadradinhos.



 
 



Bom fim-de-semana para todos!



terça-feira, 7 de abril de 2015

Peru de Tomatada com Courgettes e Cogumelos






Foi-se a Páscoa. Continuamos a nossa Primavera com promessas de dias longos e cheios de sol, a cabeça planeia a transição dos pratos. Gradualmente vamos aligeirando as refeições, tornando-as mais simples e saudáveis. E por isso falo-vos hoje deste prato simples, porque o blog é feito das nossas refeições do dia-a-dia .






Peru de Tomatada com Courgettes e Cogumelos


Ingredientes:

Peito de peru partido em cubos +/- 1kg
2 courgettes partidas em cubos com casca
300 g de cogumelos
1 pimento vermelho cortado em cubos
1 cebola picada
alhos q.b.
2 folhas de louro
5 colheres de sopa de molho de tomate Guloso com Cogumelos
1 fio de azeite
1/2 copo de vinho branco
massa de pimentão q.b.
sal q.b.
coentros frescos q.b.



Método:

Tempere o peru com o pimentão, um pouco de sal, os alhos, o louro e adicione o vinho branco. Deixe a marinar cerca de 2 horas, se ficar de véspera tanto melhor.

Aqueça o azeite na frigideira e, quando estiver bem quente frite a carne.
Assim que estiver macia, junte o liquido da marinada e a cebola picada, adicione também as colheres de polpa de tomate, o pimento, os cogumelos e as courgettes, envolva todos os ingredientes. Corrija o sal e deixe cozinhar por mais uns 10 minutos até que os cogumelos e as courgettes fiquem cozinhados.
Sirva a carne polvilhada com coentros frescos e acompanhe com a massa da sua preferência .






Skillet de ferro fundido  e Cocote Le Creuset

 

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Folar de Chocolate e uma Páscoa Feliz







  
Um folar com sabor a chocolate... e mais uma Páscoa que espreita...
Este ano decidi experimentar uma versão um pouco diferente dos habituais folares que tenho feito, a massa é leve semelhante à de brioche, juntei-lhe chocolate e aromatizei-a com raspa de laranja.
A receita base veio da revista Saberes & Sabores da Vaqueiro, a original tem como recheio o queijo-creme e mirtilos secos, ficará para testar numa próxima oportunidade.
Aproveito a ocasião para vos desejar uma Páscoa muito feliz.
 
 

Não se acanhem, sirvam-se que é tão bom!

 

Folar de Chocolate

 
Ingredientes:
 
450 g de farinha de trigo ( + a necessária para trabalhar a massa)
60 g de açúcar amarelo
1 pacote de fermento seco biológico (+/- 4,6g ) Vahiné
150 ml de leite morno
raspa da casca de 1 laranja
2 ovos
açúcar baunilhado para polvilhar Royal
 
 
Recheio: 1 chocolate de culinária (200g) + 1 colher de sopa de Vaqueiro
 
 
 
 
 
 
Método:
 
Misture a farinha com o açúcar e a raspa da laranja numa tigela. Abra uma cavidade ao meio e deite o leite morno já misturado com o fermento. Polvilhe com um pouco de farinha retirada das laterais do recipiente.
Amoleça ligeiramente a margarina no microondas durante 20 segundos. Deite a margarina e os ovos no preparado da farinha e mexa com uma colher de pau até ligar todos os ingredientes e a massa começar a soltar das paredes da tigela.
Polvilhe com um pouco de farinha e amasse com as mãos até a massa ficar lisa e elástica.
Com a ajuda de um rolo da massa estenda-a sobre uma folha de papel vegetal polvilhada de farinha e forme um rectângulo.
 
Entretanto derreta metade do chocolate com a margarina até ficar uma mistura lisa.
A outra metade pique grosseiramente com uma faca. Reserve.
 
Unte uma forma com chaminé (ou outra da sua preferência) com margarina e polvilhe com farinha.
 
Barre o rectângulo da massa com o creme de chocolate, salpique com o chocolate picado. Enrole com a ajuda do papel vegetal. Corte rodelas com cerca de 3 cm e coloque-as deitadas na forma.
Tape e deixe levedar em lugar quente cerca de 30  minutos.
 
Pré-aqueça o forno nos 170ºC.
 
Pincele a superfície do folar com um pouco de margarina derretida..
 
Leve ao forno durante cerca de 25 minutos ou até verificar que está cozido.
 
Depois de arrefecido polvilhe com açúcar baunilhado.
 


   
 
 
 
 

terça-feira, 31 de março de 2015

Biscoitos de Amêndoa e Gengibre








Numa tarde cheia de paciência e com vontade de partilhar momentos doces com os meus filhos, pus as mãos na massa para fazer biscoitos. E por isso falo-vos hoje da nova Vaqueiro Sabor a Manteiga , ideal para cozinhar todos os tipos de pratos, deixa ainda os nossos bolos mais macios e saborosos. De salientar também a sua consistência mais cremosa mesmo quando acabada de retirar do frigorifico, tornando-se assim mais fácil de aplicar nas massas que preparamos.
Fiquei fã e será a minha primeira escolha em outras ocasiões. Recomendo.







Biscoitos de Amêndoa e Gengibre


Ingredientes:

400 g de farinha de trigo
80 g de farinha de amêndoa
1 colher de chá de gengibre em pó Margão
1 ovo grande
130 g de açúcar amarelo
125 g de Vaqueiro Sabor a Manteiga
1 colher de sopa de açúcar baunilhado Royal
1 colher de chá de fermento Royal






Método:

Corte a margarina (que deve estar à temperatura ambiente) aos pedaços para dentro de uma tigela. Junte o açúcar e bata com a batedeira elétrica até obter uma mistura cremosa. Junte o ovo e continue a bater até ficar bem incorporado.

Adicione as farinhas (trigo e amêndoa) peneiradas com o fermento e o gengibre, mexa devagar até que fique uma massa sem grumos.

Pré-aqueça o forno nos 200ºC. Prepare os tabuleiros com papel vegetal. Faça bolinhas com a massa e disponha nos tabuleiros afastadas entre si. Leve ao forno 10 a 12 minutos.

Retire do forno e deixe arrefecer em cima de uma rede antes de servir.

Notas: Atenção ao tempo de forno, retirem-nos ainda moles para que não fiquem secos.
Guardam-se dentro de frascos herméticos depois de totalmente arrefecidos.