quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Bifes de Frango com Couscus









Soluções rápidas com todo o sabor é o que normalmente procuramos no dia a dia. Ingredientes simples e temperos certos são requisitos importantes para o conseguirmos.
Penso que ainda não tinha partilhado convosco dois dos temperos secos Segredos Margão que gasto imenso nesta cozinha. A refeição foi simples mas a satisfação garantida. E por mim, confesso-me fã.


Bifes de Frango com Couscus 


Ingredientes:

bifes de frango q.b.
sal e pimenta q.b.
sumo de 1 limão
um fio de azeite


para o couscus:

1 chávena de chá de couscus
a mesma medida de água
1 colher de azeite
2 colheres de sopa rasas de Segredos de Arroz Margão
1 colher de chá de açafrão Margão
1 colher de chá de caldo granulado de galinha (usei knorr)
raspa fina do limão para finalizar





Método:

Tempere os bifes de frango com um pouco de sal, pimenta, sumo de limão, por último polvilhe de ambos os lados com o tempero de aves Margão. Reserve por alguns minutos para que tomem gosto.

Aqueça um pouco de azeite numa frigideira e frite os bifes até que fiquem douradinhos.

Entretanto prepare os couscus, ferva a água com a colher de sopa de azeite e os restantes temperos secos.
Junte os couscus, deixe hidratar tampando o recipiente durante cerca de 3 a 5 minutos. Assim que água estiver totalmente absorvida, mexa com um garfo para que os grãos se soltem. Finalize polvilhando com raspa fina da casca do limão. Envolva.

Sirva de imediato acompanhado com os bifes de frango.

Bom apetite! ;)









sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Carte D´Or Chocolate & Avelãs com a Receita de uns Crepes Deliciosos







Pelas imagens já perceberam que se trata de um novo sabor da Carte D´Or , o Chocolate &Avelãs.
Para o degustar segui uma da sugestões enviada pela marca e preparei uns deliciosos crepes que gostaria de partilhar convosco.
O novo Chocolate &Avelãs promete cumprir os requisitos do clássico sabor, agora em gelado, sendo um delicioso complemento perfeito de crepes, bolos e outras sobremesas.
Se quiserem conhecer outras sugestões de receitas podem encontrar no site da Carte D´Or ou página do facebook   www.facebook.com/cartedorportugal 

Provado, repetido e aprovado ficou este novo sabor que se torna viciante! ;)
Vamos então à receita dos crepes tão simples de preparar e que ficaram fantásticos...



Crepes receita Carte D´Or


Ingredientes:
(dobrei a receita e consegui 12 crepes)

150 g de farinha
30 g de açúcar
3 dl de leite
1 ovo XL
30 g de Vaqueiro Sabor a Manteiga
 *adicionei 2 colheres de sopa de açúcar baunilhado à receita original


Método:

Misture a farinha com o açúcar, junte o leite e o ovo, mexa com uma vara de arames até a mistura estar lisa e homogénea.
Derreta a vaqueiro sabor a manteiga na frigideira dos crepes e adicione ao preparado anterior mexendo bem.
Deite uma porção pequena de massa na frigideira dos crepes, bem quente e rode a frigideira até a massa cobrir o fundo. Deixe alourar, vire e aloure do outro lado. repita as operações até terminar a massa.
Recheie os crepes com bolas de gelado e sirva.









Atrevam-se!

Bom fim-de-semana ;)



quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Bolo de Bacalhau








Continuando no espírito do Agosto em que as refeições se querem leves e rápidas, deixo-vos esta sugestão que nos agradou imenso.
É mais uma tarte salgada que surpreendeu pela facilidade, rapidez e sabor. São servidos?



Bolo de Bacalhau



Ingredientes:

1 embalagem de preparado para Caldeira de Bacalhau Pescanova 700 g
1 fio de azeite
alhos picados q.b.
1 cebola média picada
1 courgette pequena ralada com casca
70 g de margarina amolecida 
tiras de pimento vermelho assado quantidade a gosto (usei de conserva)
salsa picada ( +/- 1 colher de sopa)
1 chávena de chá de queijo ralado ( misturei flamengo e ilha, podem ser outros)
2 chávenas de chá de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento Royal
3 ovos
sal e pimenta q.b.
margarina q.b. para untar a forma




Produto Pescanova utilizado nesta receita


 É ideal para caldeiradas de bacalhau, pastéis de bacalhau ou pataniscas de bacalhau. Baixo em gorduras e rico em ómega 3.




Método:

Ligue o forno nos 180º  C.

Depois do bacalhau descongelado, disponha-o num pirex , regue com um fio de azeite, salpique-o com alhos picados e leve ao forno cerca de 20 minutos.

Retire do forno, lasque-o e limpe-o de peles e espinhas.

Junte dentro de um recipiente as lascas do bacalhau, a courgette ralada, a margarina amolecida, a cebola picada, salsa, o pimento em pedacinhos, envolva tudo. Junte depois os ovos batidos, tempere de sal e pimenta e volte a mexer. Adicione por ultimo a farinha já peneirada com o fermento e mexa para que fique tudo envolvido.

Unte uma forma redonda ou rectângular com um pouco de margarina e polvilhe com farinha. Verta o preparado lá para dentro , alise com uma espátula e leve ao forno pré-aquecido cerca de 25 a 30 minutos ou até verificar que está cozinhado (faça o teste do palito no centro da massa). Não deixe secar muito no forno, deve ficar com um miolo ligeiramente húmido.
Espere que arrefeça antes de fatiar, sirva morno ou frio acompanhado por uma salada.










quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Gin Tónico com Xarope de Groselha, Framboesas, Lima e Especiarias









O gin é sem sombra de dúvidas uma bebida que está na moda. E porque não aproveitar o tempo de férias para reunir a familia e os amigos servindo-lhes uns acepipes acompanhados por esta bebida tão refrescante?
Na preparação juntei para além do habitual gin , um pouco de xarope de groselha, framboesas, rodelas de lima, cardamomo e anis estrelado. Finalizei com pedras de gelo.
O Cardamomo e o anis estrelado marcaram a diferença e deram-lhe um toque muito especial.
Surpreendam-se também juntando estas especiarias aos vossos cocktails de Verão.







Gin Tónico com Xarope de Groselha, Framboesas, Lima e Especiarias



Ingredientes para cada copo:

5 cl de gin (usei Martin Millers)
20 cl de água tónica
1 colher de sopa de xarope de groselha
framboesas q.b. (usei congeladas)
1 rodela de lima e raspa da mesma
1 estrela de anis Margão
2 vagens de Cardamomo Margão
pedras de gelo q.b.


Método:

Coloque os copos no congelador cerca de 10 minutos antes da preparação da bebida.
Retire. Junte as framboesas, a rodela da lima e raspa da mesma, o anis estrelado, cardamomo e o xarope de groselha, mexa. Verta o gin e nvolva, finalize juntando a água tónica de forma lenta.
Coloque cubos de gelo quantidade a gosto e sirva de imediato.







terça-feira, 11 de agosto de 2015

Pescada à Brás







Um prato que agrada a (quase) todos.  A receita não tem nada de original mas pode servir para aqueles dias sem grande inspiração. Por vezes é feito com cebola, outras com alho-francês, algumas vezes o bacalhau é trocado pela pescada e outras tantas utilizo sobras de frango assado. Não há duvida que é versátil, existem imensas variações à volta do mesmo.
Encontrei batata palha cortada em palitos mais grossos e gostei da diferença. A Pescada do Cabo é suculenta, saborosa e lasca bem. A qualidade e frescura dos ingredientes é um factor determinante para os resultados obtidos, não é novidade.



Pescada à Brás 

Ingredientes:
( 3 a 4 pessoas)

1 embalagem de Pescada nª 3 do Cabo Pescanova (4 postas)
1 fio de azeite
1 folha de louro
2 dentes de alhos
Alho-francês cortado em rodelas (2 a 3 unidades conforme o gosto)
300 g de batata palha (aproximadamente)
4 a 5 ovos batidos
sal q.b.
pimenta q.b. Margão
noz moscada q.b. Margão
Salsa fresca q.b.
azeitonas q.b.



Postas de Pescada nº 3 do Cabo Pescanova

Ricas em ómega 3 e baixas em gordura. São apreciadas pela sua carne branca e suculenta, textura suave e reduzida quantidade de gordura. Pelas suas propriedades nutritivas e suculentas lascas, são ideias para quem procura uma alimentação saudável e equilibrada.





Método:


Coza o peixe com água temperada de sal, uma folha de louro e dois dentes de alho ligeiramente pressionados com a faca. 
Depois de cozida, retire-lhe as peles, espinhas e lasque-a. Reserve.

Num tacho coloque o azeite, os alhos-franceses em rodelas finas com um pouco de sal. Deixe estufar um pouco até ficarem macios, nesta altura adicione a batata palha e uma folha louro, mexa, junte a pescada lascada e envolva com cuidado para não desfazer o peixe.
Bata os ovos à parte, tempere com  um pouco de sal , pimenta e noz moscada. Retire o tacho do lume e adicione os ovos mexendo até estar tudo bem envolvido, leve ao lume por mais 2 minutos . Não deixe secar muito os ovos. Junte a salsa picada e decore com azeitonas. Sirva de imediato.








terça-feira, 4 de agosto de 2015

Supremas de Bacalhau na Frigideira








Regresso quase ao fim de 1 mês... As férias são assim passam por nós a grande velocidade.
Pouco tenho cozinhado e o que tenho feito não é mais que "revisitar" alguns pratos favoritos, rápidos e leves. A vontade de permanecer na cozinha com este calor é nenhuma confesso, assim, vou trocando ingredientes e fazendo boas saladas muitas vezes acompanhadas por grelhados.
O prato de hoje é simples, ficou tão saboroso que merece ser aqui partilhado, espero que gostem!


Supremas de Bacalhau na Frigideira


Ingredientes:
(3 a 4 pessoas)

2 embalagens de Supremas de Bacalhau Pescanova
batatinhas novas cozidas com pele q.b.
2 cebolas grandes cortadas em rodelas
dentes de alhos picados
1 courgette fina cortada em rodelas (opcional)
1 pimento vermelho cortado em rodelas ou tiras
pimenta q.b. Margão
azeite  q.b.
azeitonas q.b.
coentros frescos







Produto Pescanova utilizado nesta receita:

Supremas de Bacalhau Pescanova

As Supremas de Bacalhau Pescanova são um corte natural efetuado a partir do melhor Bacalhau Fresco. Sem espinhas*, mantêm a sua pele, de forma a preservar todas as propriedades nutritivas do bacalhau.

Não apresentam a textura fibrosa do Bacalhau Tradicional, pelo que são apreciadas pelas crianças.







Método:

Frite as supremas de bacalhau no azeite, o suficiente para dourar as postas. Retire e reserve.
No mesmo azeite refogue a cebola, a courgette, os alhos e o pimento até que fiquem macios.
Coloque o bacalhau no fundo de uma assadeira, por cima disponha do refogado, junte as batatas previamente cozidas, as azeitonas, tempere com pimenta e finalize regando com um fio de azeite. Leve ao forno (pré-aquecido) cerca de 10 minutos.
Retire, sirva de imediato polvilhado com folhas de coentros. Se necessário adicione mais azeite ao prato.

Notas: As Supremas de Bacalhau  Pescanova  já se encontram no ponto de sal, não necessitam de o adicionar.






Até já! ;)



segunda-feira, 6 de julho de 2015

Gelado de Mascarpone e Iogurte Grego com Coulis de Mirtilos









Cenário de Verão... Gelados e mais gelados!
Este que vos trago hoje tem um ligeiro travo de travessura... Queijo marcarpone, leite condensado e iogurtes gregos, um trio maravilha para juntar em dias especiais. Tão bom que ficou, tragam as colheres e sirvam-se à vontade!
Por aqui a cabeça e o corpo já só pedem férias.
Até breve, um abraço para todos!



Gelado de Mascarpone e Iogurte Grego com Coulis de Mirtilos


Ingredientes:

1 embalagem (pequena) de queijo mascarpone
2 iogurtes gregos açucarados
1/2 lata de leite condensado

Coulis de mirtilos

150 g de mirtilos
100g de açúcar
2 colheres de sopa de água
5 a 6 gotas de limão



Método:

Comece pelo coulis. Coloque um tachinho ao lume (brando) com os mirtilos, as gotas do limão, a água e o açúcar, mexa e espere que ganhe a consistência de um doce (engrossar).
Retire do lume, deixe arrefecer. Reserve.


Entretanto bata o mascarpone com os iogurtes e o leite condensado durante 3 a 4 minutos.
Verta para dentro da sorveteira, siga as instruções do fabricante. Geralmente deixo a minha ligada por 25 minutos.
Coloque o preparado dentro de uma caixa hermética, com a ajuda de um garfo envolva metade do coulis de mirtilos suavemente para não tingir completamente o gelado. Reserve a outra metade para a altura de servir.
Leve ao congelador cerca de 5 a 6 horas. Sirva decorado pelo restante coulis .

Notas:  Poderão optar por outro tipo de fruta, é uma questão de gosto. Em alternativa também poderão utilizar uma compota de compra. Na minha opinião os frutos vermelhos contrastam muito bem com o leve sabor a mascarpone.

Se não tiver sorveteira, depois de bater o preparado do queijo, iogurtes e leite condensado deverá colocar a mistura no congelador e de duas em duas horas bater o gelado com uma batedeira, de forma a evitar a formação dos cristais de gelo durante o processo de congelação (função básica da sorveteira),  bem como promover a cremosidade do gelado, outra das funções da máquina de gelados. Todos os outros passos  da receita manter-se-ão.







Boas férias!