Tarte de Salmão e Alho-Francês

31 de agosto de 2015 9 comentarios







De vez em quando preparo estas tartes para acompanhar um belo prato de sopa ou simplesmente porque apetece que façam companhia a uma salada, são quase sempre preparadas de improviso consoante os ingredientes que tenho à mão. Fáceis de preparar são uma excelente forma de incorporar peixe, carne e alguns legumes nem sempre muito apreciados.
Nos últimos tempos (sempre que possível) tenho evitado as natas de origem animal substituindo-as pelas de soja, mais saudáveis, leves e menos calóricas. É importante abrirmos os nossos horizontes alimentares, concordam?
Gostámos imenso desta tarte e por isso partilho-a convosco.



Tarte de Salmão e Alho-Francês


Ingredientes:

1 rolo de massa quebrada (ou folhada)  refrigerada 

3 alhos-franceses cortados em rodelas finas


 tiras de pimento vermelho assado ( usei de conserva) q.b.

6 ovos

1 embalagem (250 ml) de natas de soja ( se preferirem podem usar das correntes)

pimenta q.b Margão

noz moscada q.b. Margão

funcho em pó Margão

queijo flamengo ralado q.b.

Azeite q.b.

sal.q.b.



Produto Pescanova utilizado nesta receita:


As Supremas de Salmão são seleccionadas dos melhores filetes de salmão do Chile, não têm pele nem espinhas e são embaladas individualmente a vácuo.
Muito suculentas e com uma textura firme, são uma Fonte Natural de Ómega 3 e Proteínas.
O seu corte natural permite uma grande variedade de receitas.
Apresentam-se num formato de 250 g, sempre com duas supremas por embalagem.




Método:

Deixe descongelar o salmão. Tempere com sal, pimenta, funcho e sumo de limão.
Coloque ao lume um tacho com 1 fio de azeite e os alhos-franceses previamente lavados e cortados em rodelas. Adicione um pouco de sal, deixe suar um pouco, junte as supremas de salmão e o pimento vermelho cortado em tiras finas, espere que o peixe cozinhe em lume brando. Retire do lume e deixe arrefecer um pouco, lasque o peixe. Reserve.
Entretanto pré-aqueça o forno nos 200º C.
Prepare a massa quebrada forrando uma tarteira. Pique o fundo da massa com um garfo.
Bata as natas com os ovos adicionando um pouco de sal, pimenta e noz moscada.
Disponha das lascas do peixe sobre a massa alternando com o alho-francês e o pimento, verta o preparado das natas com os ovos sobre o recheio. Polvilhe com duas a  três colheres de sopa de queijo ralado e leve ao forno cerca de 35 minutos ou até verificar que está cozinhado.
Deixe arrefecer e sirva acompanhada por uma salada ou um prato de sopa.



Sugestão: Coloquem no recheio outros ingredientes a vosso gosto, é sempre possível variar os legumes e conseguir diferentes combinações igualmente interessantes e saborosas. Não receiem arriscar!







Boa semana para todos!



partilhar esta receita

9 comentários

  1. Hummmm.... agora que vi o interior fiquei salivando amiga, esta tarte esta um verdadeiro miminho sem duvida, beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Humm adoro e como sempre esta 5* amiga uma maravilha bjs

    ResponderEliminar
  3. belo aspecto!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Concordo c a substituição das natas (e outros produtos de origem animal), sim senhora :) Ficou linda! Tb gosto de ingredientes todos os dias apresentados numa tarte, bolo ou torta :) Bjinhos.

    ResponderEliminar
  5. Concordo, e essa tarte é uma ótima maneira de o fazer! Está linda e parece mesmo deliciosa :)

    ResponderEliminar

Obrigada por deixar comentário.