Alheiras de Mirandela no Forno, uma Transgressão tão Saborosa

15 de janeiro de 2012 36 comentarios


Quem me conhece bem, deve estar a pensar onde fui buscar a audácia para avançar com um prato como este.
Transgredir nem sempre é um caminho fácil, pricipalmente quando atingimos os " quarentas " , olhamos para nós e percebemos que certos contornos tendem a desaparecer.
Ao visitar a Patricia , do Foodwithameaning , encontrei esta sugestão agri-doce que me pareceu muito bem. Falo-vos de alheira e batata doce. Sim , são de fato uma transgressão muito saborosa.
Assim sendo, lembrei-me de Murphy, segundo ele, tudo o que é bom, é imoral, proibido ou engorda.....o que fazer?

Como fiz:

Picar uma boa quantidade de alhos e deitá-los para um pirex , adicionar um fio de azeite sobre os alhos.
Ligar o forno nos 200ºC, assim que este estiver quente, colocar o pirex lá dentro, esperar cinco minutos até os alhos dourarem um pouco e o azeite tomar o gosto destes.
Retirar o pirex e reservar os alhos para que não se queimem.
Dar um corte na pele das alheiras pelo lado de fora, para que a pele destas se solte quando estiverem a assar.
Colocar o tabuleiro no forno cerca de 30 minutos, até verificar que estão assadas.
Adicione ás alheiras os alhos reservados no inicio ( caso goste ), deixe-as ficar mais um pouco no forno, com este já desligado.
Entretanto frite a batata doce ás rodelas.
Acompanhei também com feijão verde cozido, salteado em azeite e alhos.
Sirva quente e transgrida também.


partilhar esta receita

36 comentários

  1. ola minha querida amiga es muito ma sabias? pois é um pecado eu que adoro esse pratinho e so de olhar ja estou a babar haaaa estou a brincar ok ja sabes como sou adorei ficou 5* deseijote um felz fim de domingo beijinhos grandes ja sabes o resto ok

    ResponderEliminar
  2. Hummmm adoro uma sbelas alheiras no forno, principalmente se forem de caça e então no forninho a lenha upa upa :P
    Ficaram com um aspecto super apetitoso!

    Beijinhos e bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  3. Duxinha, é verdade, mas com esse aspeto, resistir é que seria pecado!
    Bom domingo!

    ResponderEliminar
  4. Um pequeno grande pecado, que sabe tão bem às vezes...comia já sem medos, culpas ou pensar duas vezes.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  5. Gosto muito de alheira de mirandela, mas como muito raramente. Esta combinação da alheira no forno com os alhos e a batata-doce que tanto gosto está fantástica e fica reservada para um próximo 'abuso'. :) Beijinho e uma boa semana!

    ResponderEliminar
  6. Duxa, que transgressão maravilhosaaaaa, gosto tanto de alheiras!!!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  7. realmente una exquisitéz ,el dorado es estupendo,abrazos y abrazos.

    ResponderEliminar
  8. Alheira de mirandela...ai ai...assada nunca comi, mas deve ficar divinal como sempre!

    ResponderEliminar
  9. Duxa,
    Isso deve ter ficado boooom demais!E por falar em transgressão, tens meu total apoio...Saudades!beijkas

    ResponderEliminar
  10. Por que será que tudo o que é bom faz mal?? Concordo contigo Duxa, mas que ficou com um aspeto divinal,lá isso ninguém pode negar!
    Bjs
    Márcia

    ResponderEliminar
  11. DE VEZ EM QUANDO SABE BEM COMETER ESSES PECADOS.
    FICOU FANTASTICA E MUITO BEM ACOMPANHADA.
    BJS

    ResponderEliminar
  12. Hummm! Uma transgressão irresistível! Porque a vida é recheada de coisas boas, como estas e que devemos saborear, sem culpas!

    ResponderEliminar
  13. hm, que maravilha de prato. Mas prefiro as alheiras do barroso :)

    ResponderEliminar
  14. Desde que vi este prato no blog da Patricia que fiquei com vontade de fazer. Agora ainda fiquei com mais vontade. Esta semana vou comprar alheiras. Tá decidido.
    Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  15. La pinta es formidable, nunca he comido nada parecido....creo!me gusta!!Bss

    ResponderEliminar
  16. Duxinha,
    Ai essa alheira esta com um aspeto maravilhoso... Sou loca por enchidos mas aqui não vendem. Ontem tive a sorte de comer uma farinheira que mandei vir pela net, nem deu tempo para tirar fotos de tantas saudades que estava. A tua esta alheira esta a sorrir e a dizer-me (muda-te para a casa da Duxa) hehehehe ainda por cima de Mirandela.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  17. Adoro estas transgressões e que bem que sabem de vez em quando....bjokitas

    ResponderEliminar
  18. Transgressão saborosa e bem gostosa amiga adorei esta tua refeição!

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  19. Duxinha, o pratinho ficou fantástico.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Duxa, realmente essa refeição é muito poderosa, no que diz respeito a calorias, mas uma vez não é muito grave ;) Como sabes tento fazer uma alimentação saudavel, mas sempre que me apetece também faço uma comida rica que nos remonta ao passado. Sabe tão bem!
    O meu marido é que gosta muito de alheira, aprendeu a gostar quando vivemos no Alentejo, já eu nem tanto. Fica então a sugestão para uma refeição tradicional rica em sabores para um dia que não são dias :9

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Creio que na medida certa nada faz mal, é preciso é não exagerar.
    Tens aí uma refeição bem saborosa e de aspecto muito tradicional!

    ResponderEliminar
  22. Querida Duxa, o seu prato resultou num pecado imenso, e as fotografias transpiram a dimensão desse pecado. E agora sinto-me melhor porque sei que não pequei sozinha!
    Fico muito feliz por ter gostado da combinação de alheira com batata doce.Sabe bem, não sabe? Ainda bem que recorreu a algo verde para dar um toque menos pecaminoso. Eu na altura queria mesmo era uns grelos cozidos, mas não os tinha. Adorei a sua transgressão. Pelo foodwithameaning prometo que também vou continuar a transgredir.
    Um abraço
    Patrícia

    ResponderEliminar
  23. Duxa,com certeza não dá para resistir!
    Ficou com aspecto delicioso!
    Ótimo inicio de semana amiga.
    Bjs
    Ivani

    ResponderEliminar
  24. Duxa, nunca comi e nem conheço Alheiras...mas tem um ótimo aspecto!

    Beijinhos...boa semana!

    ResponderEliminar
  25. hummmm de que vale a vida se de vez em quando não se faz algo "proibido" :) uma bela combinação esta, adorei!

    ResponderEliminar
  26. Olá Vovó Cristina, a alheira de Mirandela ( região de Trás-os-Montes) foi nomeada uma das sete maravilhas gastronómicas de Portugal
    A alheira é um enchido típico da culinária portuguesa cujos principais ingredientes podem ser carne de porco, carne de aves, pão, azeite, banha, alho e colorau.
    É um pecado:)))
    Um beijinho grande.

    ResponderEliminar
  27. Sou suspeita porque adoro uma boa alheira, mas confesso que no forno nunca experimentei. Vou levar esta transgressão saborosa comigo :) beijinho

    ResponderEliminar
  28. Minha linda,
    Eu n como carne, mas sou uma sonsa e n resisto a farinheiro ou alheiras. N estou a brincar, trouxe a mala cheia destas maravilhas, 100% emigrante pois sim, e de vez em quando faço uma, com a desculpa de ser para o viling, e roubo-lhe sempre um cantinho. Adorei de verdade esta sugestão. A experimentar brevemente por aqui.

    bjs e boa semana

    ResponderEliminar
  29. Isso mesmo, dessa vida a gente só leva o que come, bebe e ama...palavras de meu sogro...rs!

    Com certeza esteve bem saboroso e pecado seria não comer!

    Bjuss!!!

    ResponderEliminar
  30. OI Duxa,
    As vezes são nessas transgressões que surgem essas delícias.
    Bj,
    Lylia

    ResponderEliminar
  31. Duxa, eu amo alheiras! Amo! Seu prato está lindo e me deu água na boca. Um beijo, Paula

    ResponderEliminar
  32. nossa! adorei o aspeto, que saudade de alheira bem molhada... saudades de portugal! vou seguir seu blog para ter esses momentos de nostalgia :)

    ResponderEliminar
  33. Estou com agua na boca so de olhar para essas fotos amiga,nunca comi alheira mas deve ser muito bom,adorei!
    beijinho

    ResponderEliminar
  34. Mas que doce tentação, Duxa. Tenho em casa os ingredientes e logo que possível vou experimentar, apesar de os meus contornos virem a ficar menos definidos. Mas será por uma boa causa, ou melhor por uma boa tentação! Beijinhos

    ResponderEliminar
  35. Uno de mis platos favoritos Duxa, el bacalao, dourado, a l abrasa o como me lo pongas, me encanta esta manera de hacerlo y te voy a copiar con tu permiso.
    Como siempre un placer venir a verte y observar estas deliciosas recetas GUAPA.

    Beijinhos desde Alicante

    ResponderEliminar
  36. Experimentei esta receita, mas em vez de feijão verde usei grelos salteados em azeite e alho. Não fiz a batata doce e Esqueci de tirar a foto. Fica para uma próxima vez...

    ResponderEliminar

Obrigada por deixar comentário.