Gaspacho Porque o Tempo Pede

25 de agosto de 2014 3 comentarios






Partimos em direção ao sul. Revivemos esta deliciosa sopa fria, que há muito se tornou presença habitual nesta cozinha, quando o calor e as saudades apertam.
Para quem não conhece deixo aqui uma breve síntese sobre o Gaspacho. É uma sopa fria de vegetais crus, tendo por base os pimentos, os tomates, alhos, azeite e pepino.
Muito popular no sul de Portugal e Espanha, México e outros países centro-americanos, consumido essencialmente no Verão.
Em Portugal, o gaspacho é oriundo das regiões do Alentejo e do Algarve. Normalmente, não é totalmente triturado, sendo apenas efectuado o corte dos ingredientes em pedaços pequenos, aos quais se adiciona o pão (alentejano ou algarvio), em pedaços ligeiramente maiores, no final, antes do tempero com azeite, vinagre e sal a gosto. Para que fique mais refrescante, é comum serem adicionados cubos de gelo.
Recomendo, é delicioso!


Gaspacho


Ingredientes para 2 pessoas
5 tomates maduros mas firmes
1 pepino pequeno
1 pimento vermelho
1 pimento verde
6 dentes de alho
1 cebola picada(opcional)
1/2 litro de água fria
2 colheres de sopa de vinagre
1 fio de azeite de boa qualidade (+/- 4 colheres de sopa)
cubos de gelo a gosto ( 6 a 8 cubos)
1 colher de sopa de oregãos ou poejos
sal a gosto ( 1 colher de sopa costuma ser suficiente)
Aproximadamente 4 fatias de pão Alentejano ou outro similar com dois ou mais dias
     




Método:

Deitam-se os dentes de alho descascados, um fio de azeite e um pouco de sal para dentro de um almofariz, ou em substituição uma picadora, até obterem uma boa pasta.  
Colocam-se  todos os vegetais cortados em cubinhos pequenos dentro de uma terrina, de seguida verte-se para lá a pasta dos alhos, adiciona-se mais um fio de azeite, o vinagre, o sal, os oregãos, as pedras de gelo, e as fatias de pão previamente cortadas em cubos pequenos. Envolve-se bem, se necessário adicionamos mais um pouco de água fria e ajusta-se o sal, polvilha-se com os oregãos ou as folhas de poejos e serve-se de imediato.

Há quem ponha também coentros frescos picados na altura, fica muito bom.




Boa semana! O abraço do costume.
 
 
 

partilhar esta receita

3 comentários

  1. A primeira vez que comi foi em Espanha e adorei.
    Esse parece-me bem apetitoso
    Boa semana
    bj

    ResponderEliminar
  2. Adoro, não tivesse eu uma costela alentejana, e até o mais pequeno gosta!! bjs

    ResponderEliminar
  3. Nunca comi gaspacho, e o conceito de "sopa fria" continua a ser estranho para mim :P
    Mas que tem bom aspeto tem ;)

    ResponderEliminar

Obrigada por deixar comentário.