segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Açorda Alentejana





Esta sopa é tão simples e peculiar como o Alentejo.
Pão, azeite, alhos, coentros (ou poejos), água, ovos e sal. É o legado Árabe na nossa cozinha, assim como as migas e os ensopados.

A minha costela Alentejana, pediu-me uma açorda,  e, aqui estou a partilhá-lha convosco:)
Para minha alegria, os meus poejos voltaram a nascer, a lagarta que os partilhava comigo, voltou costas e eu agradeço, volto a poder contar com eles só para mim.




                                                          Açorda Alentejana

Ingredientes :


1 cabeça de alhos
1 molho de coentros
uns pézinhos de poejos
1 ovo por pessoa
um fio de azeite
água ( 1 litro p/ 4 pessoas)
sal q.b

Notas: Eu utilizo o caldo de peixe, ou seja, cozo a cabeça de um peixe para este fim, guardo a água da cozedura e quando pretendo fazer esta açorda, é este caldo que ultilizo, fica mais saboroso em minha opinião. Também costumo juntar polpas do peixe.
A pescada, o bacalhau ou outros peixes graúdos são óptimos este caldo. Para o conservar, congelem-no.

O prato é acompanhado por azeitonas temperadas com azeite, alho, limão e oregãos.




Faço assim:

 Coloco os alhos, os poejos, alguns coentros, sal e azeite num almofariz, se não tiverem usem um robot de cozinha. Faço um piso até atingir uma pasta com estes ingredientes.
Entretanto fervo +/-  um litro de liquido ( água + a água da cozedura do peixe),  e escalfo os ovos durantes uns minutos.
Deito a mistura do piso para dentro de uma terrina e verto lá a água com os ovos escalfados, tempero com sal e junto-lhe 3 ou 4 colheres de sopa de azeite, tapo por uns instantes para que os sabores se encontrem.
Preparo os pratos, colocando fatias de pão rijo dentro de cada prato , e verto conchas do caldo por cima do pão , mais ou menos caldo, dependerá do gosto de cada um.
Acompanho com um bom vinho Alentejano, pois está claro!







Obrigada pelos simpáticos comentários ,
votos de uma óptima semana,
um abraço!


19 comentários:

  1. Ai, ai... mesmo como eu gosto!!! bjks

    ResponderEliminar
  2. Duxa,
    Adoro este tipo de prato... Tão bom!!!
    Pão, coentros e poejos é mesmo Alentejo... Deu-me nostalgia :)
    Adorei o post.
    Boa semana e beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Oh Duxa, isto é uma perdição, ainda por cima com azeitonas e um bom vinho alentejano, não é preciso pedir mais nada!!!!
    Boa semana.
    Bjocas

    ResponderEliminar
  4. Não sou Alentejana, mas adoro uma boa açorda, bjs:)

    ResponderEliminar
  5. Que delícia esta açorda. Alentejana nunca provei,mas cá na ilha fazemos uma parecida (sopa branca) que é feita com hortelã e que é muito saborosa.A tua deve saber tão bem nestes tempos frios.
    Bj
    Márcia

    ResponderEliminar
  6. Adoro açorda. Esta fica uma delicia de certeza.
    Bjs
    rosario
    http://come-bebe-sorri-e-ama.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Humm...que saudades de comer uma bela açorda alentejana!! Tão bom :)

    ResponderEliminar
  8. As lagartas são do pior, até já me atacaram o morangueiro, que tem uma folhas bem duras. Vá lá que não se atrevem nem no mirtilo nem no louro. Mas de restos já correram as aromáticas todas e os frutos também. Mas é deixar chegar o frio e elas desaparecem :)
    Adoro açorda, e não tenho costela alentejana, imagina se tivesse!

    ResponderEliminar
  9. Amiga ,esta acorda Alentejana me deixou com agua na boca,fiquei curiosa,nunca comi,parece ser deliciosa!
    beijinho

    ResponderEliminar
  10. Aqui está um prato que não sou fã de todo mas tem bom aspecto!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  11. NÃO CONHECIA, MAS ADOREI O ASPECTO DEVE SER BEM DELICIOSA ESTA AçORDA, PARABENS!

    bJS

    ResponderEliminar
  12. Ai amiga que bela conjugação uma bela açorda e umas fotos deliciosas...adorei....bjokitas

    ResponderEliminar
  13. ora e que bela açorda que para aqui vai. Ficou linda.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Olá querida Duxa!
    Esta é a verdadeira açorda Alentejana, assim como a preparaste!
    Com esse toque de poejos, que para mim é das plantas
    de sabor mais delicado, ficou divinal.
    Beijinhos amiga.

    ResponderEliminar
  15. Há que tempos que não como uma boa açorda......fiquei com vontade!

    Beijocas :)

    ResponderEliminar
  16. Eu adoro açorda. E esta é mesmo uma maravilha. Está com um aspecto delicioso.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  17. eu tenho mais uma costela transmontana mas comia esta açorda alentejana de boa vontade :) beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Não sou muito fã de açorda por causa da consistência, mas lá em casa é muito apreciada :)

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar

Obrigada por deixar comentário.